Quem ama, enche o saco!

Eu precisava te escrever, eu sei, talvez nem você entenda tudo o que se passa aqui dentro. Talvez seja confuso. Bagunçado e muitas vezes não faça tanto sentido. Mas é que a função de irmão é essa. Ser chato, inconveniente, arrumar brigas sem motivos e no fundo, amar, incondicionalmente!

Eu li uma frase, a muuuuito tempo atrás, que falava sobre mantermos nossos irmãos por perto, porque um dia, eles são a maior ligação que vamos ter com nosso passado. Achei forte, doloroso e bonito ao mesmo tempo.

Apesar da próxima geração, ser uma geração de filhos únicos, eu quero que meu filho tenha irmãos. Não pensando no futuro, e sim porque sei que irmãos, são um presente em nossa vida. Como eles, sempre vamos poder ser nós mesmo, e quando não estamos sendo, eles sabem, eles sempre sabem.

São com eles que viveremos nossas maiores aventuras, vão ser com eles que vamos compartilhar as maiores conquistas, e provavelmente, serão eles que vão estar do nosso lado nos momentos mais difíceis de nossa vida.

Um dia, um amigo me disse a seguinte frase, Sangue não é água menina, grava isso, porque sangue, não é água! Ele tem toda a razão… Como sempre tem… Sangue não é água! E tenho certeza, que irmãos são presentes mandados a nós, pra não passarmos por esse mundo sozinhos.

Eu sei que quando um nenezinho chega a família, a gente perde o colo. Perde um bocado de atenção, morre de ciumes por diversas vezes, e sente meio perdido. Tentamos a todo custo chamar a atenção. As vezes damos uns beliscões as escondidas, e reclamamos bastante por vermos nossos brinquedos quebrados e algumas folhas de livros faltando…

E quando nossas roupas somem do guarda roupas, e nossos sapatos aparecem sujos, ou as maquiagem aparecem gastas rsrs… Ahhh, agora é engraçado lembrar, na época, não era tão divertido assim. O fato é que um dia, sentiremos falta, de tudo isso. A convivência, o acordar e estar juntos no café, o almoço de domingo, saber que ele/ela vão estar lá. Que você vai chegar, vai ter alguém lá!

As vezes me culpo, ou melhor, quase sempre me culpo. Por não ter me doado mais. Por não estar mais presente. Por ter sido tão chata e rabugenta. Por não estar sempre lá! Acho que é um sentimento de irmão mais velho talvez, querer estar sempre lá. Mas no fundo acho que ela sabe, ou melhor, espero que ela saiba, que eu sempre vou ser a pessoa pra quem ela pode ligar. Que eu sempre e sempre vou estar lá, mesmo quando me sinto falha.

Se eu pudesse dar um conselho a qualquer pessoa, diria, deem irmãos aos seus filhos. Deem parceiros de vida. O mundo anda tão louco e tão difícil, que é bom ter alguém com quem contar. É bom ter um abraço que acalma e conforta. É bom ter alguém pra quem ligar as três da manhã quando nosso mundo parece desabar.

E se pudesse dar um conselho a mim mesma, a muitos anos atrás, bem, seja legal com seus irmãos, eles são a coisa mais valiosa que você vai ter, agora, no futuro e sempre. Seja legal! Um dia, você vai amar incondicionalmente, aquele ser que tem seus genes, as vezes sua voz, suas manias, seus olhos, e sabe se lá mais o que seu. Seja legal! Cuide! Projeta! Esteja presente! Porque isso é tudo o que levamos daqui!

Ps: Eu te amo mais que tudo minha pequena!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s